12 abril 2009

Páscoa 2009 (3): O fascínio do fogo

video

Não há Páscoa sem foguetes... E sem fogo, não há alegria no Minho e no Douro Litoral... Mesmo com a crise, cada meia dúzia de foguetes custa a módica quantia de 30 euros... Quando o compasso chega a uma casa, o fogueteiro sinaliza a sua presença... Os vizinhos, mais à frente, preparam-se, com grande excitação, para a cerimónia... É uma tradição rica de significado socioantropológico... À noite, da 'varanda' de Candoz assiste-se, de borla, ao espectáculo único da largada de fogo em cada das diversas freguesias circunvizinhas (do Marco de Canaveses: Paredes de Viadores, Passos de Gaiolo...; e de Baião: Mesquinhata, São Leocádia, Grilo, Ribadouro...). Há palpites, críticas, comentários, exclamações... sobre a quantidade e a qualidade do fogo de cada freguesia... E no final há uma vencedora...

Vídeo e texto: © Luís Graça (2009). Direitos reservados

Sem comentários: