31 outubro 2012

Vivó' s noivos: As bodas de ouro da Rosa & e do Quim (1962-2012) (19): Não há festa sem música (Parte XI):... Nem sem cantigas como "A minha saia velhinha"...


"A minha saia velhinha" (tradicional)

Vídeo (4' 16'': Gusto/Luís Graça (2012). Alojado em You Tube > Nhabijoes [Clicar aqui para visualizar o vídeo)


Marco de Canaveses > Paredes de Viadores > Candoz > Quinta de Candoz >20 de outubro de 2012. Festa das boas de ouro da Rosa e do Quim (1963-2012) > Música tradicional portuguesa. "A minha saia velhinha" (Minho, aqui numa outra variante local, duriense, em que se mantem o refrão)... Músicos: Júlio e João (violinos) + Nelo e Tiago (violas) + Miguel (viola, cavaquinho).

_______________

Aqui vai a letra (original) de "A minha saia velhinha" (Popular, Minho)
.

A minha saia velhinha
Está toda rotinha
d'andar a bailar;
agora tenh'uma nova,
feitinha na moda
p'ra eu estriar.

Minha mãe casai-me cedo,
enquanto sou rapariga:
que o milho ceifado tarde
não dá palha nem espiga!

O meu amor era torto
e eu mandei-o cavacar:
agora já tenho lenha
para fazer um jantar.


José Nuno Oliveira (recolhida em Marrancos, anos 70)


________________

30 outubro 2012

Vivó' s noivos: As bodas de ouro da Rosa & e do Quim (1962-2012) (18): Não há festa sem música (Parte X):... Nem sem dança no terreiro!... Sem valsas, mazurcas e contradanças...

Um mazurca!... 

 Vídeo (2' 11'') b:  Gusto/Luís Graça (2012). 

Alojado no You Tube > Nhabijoes  (Clicar aqui para visualizar o vídeo)


Marco de Canaveses > Paredes de Viadores > Candoz > Quinta de Candoz >20 de outubro de 2012. Festa das bodas de ouro da Rosa e do Quim (1963-2012) >  Música tradicional portuguesa...contra a troikice!... Esta é uma mazurca, daquelas que o povo de Candoz adora dançar!...  Músicos: Júlio e João (violinos) + Nelo e Tiago (violas)



29 outubro 2012

Vivó' s noivos: As bodas de ouro da Rosa & e do Quim (1962-2012) (17). Não há festa sem música (Parte IX):...Nem o "sagrado", a festividade religiosa, sem o coro, sem o padre...
















Marco de Canaveses > Paredes de Viadores > Candoz > Quinta de Candoz >20 de outubro de 2012. Festa das boas de ouro da Rosa e do Quim (1963-2012) > A família e os amigos, desde os netos aos sobrinhos, irmãos, cunhados... "Fiadlgo por um dia", diz o Quim...

Fotos: Luís Graça (2012).

Vivó' s noivos: As bodas de ouro da Rosa & e do Quim (1962-2012) (16). Não há festa sem música (Parte VIII):... Nem muita comida e bebida... Gente danada para coisar, trabalhar, cozinhar, fazer docinhos, enfeitar, alegrar, receber (e receber bem)...









Marco  de Canaveses > Paredes de Viadores > Candoz > Quinta de Candoz >20 de outubro de 2012. Festa das bodas de ouro da Rosa e do Quim (1963-2012) >

A casa de Candoz engalanou-se e esmerou-se... para receber os noivos... como é da tradição de Entre Douro e Minho... É gente danada para trabalhar, arrumar, lavar, cozinhar, organizar,  fazer bolinhos, enfeitar, pôr os melhores panos na mesa, mesmo que no melhor pano às vezes  caia a pior nódoa...

Fotos: Gusto (2012)

Vivó' s noivos: As bodas de ouro da Rosa & e do Quim (1962-2012) (15). Não há festa sem música (Parte VII): Gente danada para a folia, para cantar, para dançar...

video

Marco de Canaveses > Paredes de Viadores > Candoz > Quinta de Candoz >20 de outubro de 2012. Festa das boas de ouro da Rosa e do Quim (1963-2012). A festa foi tão comprida que gastámos as pilhas e as memórias das máquinas... pelo que os fotógrafos de serviço tiveram que se se desenrascar e fazer trocas e baldrocas... Foi o meu caso, que tive de pedir emprestada ao Gusto a máquina com que fiz os vídeos do serão... 


Vídeo (39''): Gusto/Luís Graça (2012).

28 outubro 2012

Vivó' s noivos: As bodas de ouro da Rosa & e do Quim (1962-2012) (14). Não há festa sem música (Parte VI):... nem baile mandado, com o Quim como mandador!




Vídeo (4' 09''): Gusto/Luís Graça (2012). Alojado no You Tube / Nhabijoes 

Marco de Canaveses > Paredes de Viadores > Candoz > Quinta de Candoz >20 de outubro de 2012. Festa das bodas de ouro da Rosa e do Quim (1963-2012). Tuna Rural de Candoz: Músicos: Júlio e João (violinos), Nelo,  Luis Filipe, Tiago, Miguel  (violas, cavaquinho). Mandador: Joaquim Barbosa (Quim).

Uma tradição que infelizmente se está a perder, mas que ainda é acarinhada e cultivada nas nossas festas na Quinta de Candoz...


27 outubro 2012

Vivó' s noivos: As bodas de ouro da Rosa & e do Quim (1962-2012) (13). Não há festa sem música (Parte V): Siga a banda!...

video

Marco de Canaveses > Paredes de Viadores > Candoz > Quinta de Candoz > 20 de outubro de 2012 > Festa das bodas de ouro da Rosa & do Quim (1962-2012) >  O João e o Júlio (violinos), mais o Nelo (viola)... Mais um musiquinha tradicional, do reportório das velhas tunas rurais... Repare-se que o João está a tocar de improviso, de ouvido... Os dois músicos, um de Lisboa e o outro do Porto, nunca ensaiaram juntos...

Vídeo (49''): Gusto / Luís Graça (2012)

Vivó' s noivos: As bodas de ouro da Rosa & e do Quim (1962-2012) (12). Não há festa... sem fogo de artifício

video


Marco de Canaveses > Paredes de Viadores > Candoz > Quinta de Candoz > 20 de outubro de 2012 > Festa das bodas de ouro da Rosa & do Quim (1962-2012) >  Também não há festa, no norte, sem fogo de artifício e... alguns pequenos percalços (um dos foguetes bateu num fio de telefone e fez ricochete, mas felizmente ninguém de aleijou). Claro que a festa continuou até às tantas...

Vídeo ('' 53):  Gusto / Luís Graça (2012)

26 outubro 2012

Vivó' s noivos: As bodas de ouro da Rosa & e do Quim (1962-2012) (11). Não há festa sem música (Parte IV): "Vem viver a vida, amor / Que o tempo que passou / Não volta, não"...O coro dos filhos, netos e sobrinhos

video

Marco de Canaveses > Paredes de Viadores > Candoz > Quinta de Candoz > 20 de outubro de 2012 > Festa das bodas de ouro da Rosa & do Quim (1962-2012) > Filhos, netos  e sobrinhos do casal entoam em coro uma paródia da conhecidíssima canção do José Cid (letra e música), "Vem viver a vida, amor / Que o tempo que passou / Não volta, não"...

Foi projetado também  um belíssimo filme feito pelo Miguel, relembrando estes cinquenta anos de amor de um casal que deu ao mundo quatro filhos (Zeza, Natália, Cristina e Miguel)...

Vídeo (2' 48''):

25 outubro 2012

Vivó' s noivos: As bodas de ouro da Rosa & e do Quim (1962-2012) (10): Mais um "número" encenado pela endiabrada da Zezinha, as "noivas matrafonas"...







Marco de Canaveses > Paredes de Viadores > Candoz > Quinta de Candoz > 20 de outubro de 2012 > Festa das bodas de ouro da Rosa & do Quim (1962-2012) >  O desfile das "noivas matrafonas"... Um dos momentos altos, hilariantes, da festa, quando irmãs, cunhadas e sobrinhas da Rosa decidiram voltar a vestir os seus vestidos de noiva... Só Alice é que não ia de branco... Mais um "número" encenado pela endiabrada da Zezinha, que tem a quem sair...


Fotos: Luís Graça (2012)

Vivó´s noivos: As bodas de ouro da Rosa & do Quim (1962-2012) (9): O desfile das noivas (Parte I)

video

Marco de Canaveses > Paredes de Viadores > Candoz > Quinta de Candoz > 20 de outubro de 2012 > Festa das bodas de ouro da Rosa & do Quim (1962-2012) >  Festa é música, é comida,  é bebida, é alegria, é bom humor, é brincadeira... O programa das festas (, organizado em segredo pela Zeza,) foi uma caixinha de surpresas: ao fim da tarde, já em Candoz, sai o desfile das noivas, todas vestidas de branco, com exceção da Alice, a primeira a casar, em 1976, "fora da igreja"...

À frente do desfile, vem a Nitas, seguida da Becas, da Zeza, da Luisa, da Mi... e por fim da Alice, a noiva-que-não-ia-de-branco.Acompanhamenmyo musical: Júlio (violino), João (violino) e Nelo (viola). Coro: risada monumental da assistência...

Vídeo (4' 23''): Luís Graça (2012)

24 outubro 2012

Vivó' s noivos: As bodas de ouro da Rosa & e do Quim (1962-2012) (8). Não há festa sem música (Parte III)

video

Marco de Canaveses > Paredes de Viadores > Candoz > Quinta de Candoz > 20 de outubro de 2012 > Festa das bodas de ouro da Rosa & do Quim (1962-2012) > O Júlio, mais o Nelo, viola, a que se associou depois um segundo violino, o João... A ensaiar mais uma modinha conhecida lá terra ("A mim casa velhinha"),  com acompanhamentos vocais de desvairadas gentes... Destaque para o nosso Manel, corista... Entretanto, alguém anuncia que "vem aí o desfile das noivas!... Músicos e povo tomam posição...

Vídeo (1' 59''): Luís Graça (2012)

Vivó' s noivos: As bodas de ouro da Rosa & do Quim (1962-2012) (7): Não há festa sem música (Parte II)

video

Marco de Canaveses > Paredes de Viadores > Candoz > Quinta de Candoz > 20 de outubro de 2012 > Festa das bodas de ouro da Rosa & do Quim (1962-2012) > O Júlio e o seu violino mágico... Mais o Nelo, viola... A ensaiar uma valsa (?), sob o olhar atento do António, o nosso "mais velho",  que tem uma pena danada de não tocar nenhum instrumento...

Vídeo (2' 02''): Luís Graça (2012)

23 outubro 2012

Vivó's noivos: As bodas de ouro da Rosa & do Quim (1962-2012) (6): Não há festa sem música (Parte I)

video

Marco de Canaveses > Paredes de Viadores > Missa das bodas de ouro da Rosa & do Quim (1962-2012) > 20 de outubro de 2012 >  Ainda na sacristia da igreja o Júlio, cunhado do Quim e da Rosa, e exímio tocador de violino, tocou, para mim e para o João, esta peça do seu reportório, e que ele tencionava executar na festa em Candoz...

O Júlio faz parte do grupo musical Os Baiões, e é um entusiástico representante da tradição das tunas rurais que tiveram, em Entre Douro e Minho,  o seu apogeu nos anos 50. Até por volta dos 40 anos também era um excelente tocador de violão. Um acidente com uma máquina de cortar madeira (ele é marceneiro de profissão), levou-lhe a falange do indicador da mão direita, obrigando-o a trocar o violão pelo violino (Repare-se, no vídeo acima, a mão que segura o arco do violino)...

 O Júlio é um exemplo extraordinário de força de vontade, talento, sensibilidade, coragem, disciplina e persistência. É, além disso, um homem afável e amigo do seu amigo. A morte, há uns atrás, de um companheiro e amigo, tocador de violão, levou-o a fazer um prolongado processo de luto, de vários anos, em que deixou pura e simplesmente de tocar.

Vídeo (1' 15''): Luís Graça (2012)

Vivó's noivos: As bodas de ouro da Rosa & do Quim (1962-2012) (5): A cerimónia religiosa (Parte IV)

video

Marco de Canaveses > Paredes de Viadores > Missa das bodas de ouro da Rosa & do Quim (1962-2012) > 20 de outubro de 2012 >  À saida do templo não faltaram os tradicionais bagos de arroz e os ditos jicosos, como manda a boa tradição nortenha...

Os noivos e a comitiva seguiram depois para Porto Antigo, na barragem do Carrapatelo, Rio Douro, em cuja estalagem, com o seu magnífico espelho de água, partilharam um opíparo repasto, para lembrar que troika...tezas não pagam dívidas...

A festa continuaria à tarde em Candoz até às tantas da noite, com muita comida, muita bebida, muita música, muita alegria, muito amor... Ele há coisas que vale a pena, como no meu caso vir de Angola a correr p'ra ver os noivos... (LG)

 Vídeo (19''): Luís Graça (2012)

Vivó's noivos: As bodas de ouro da Rosa e do Quim (1962-2012) (4): A cerimónia religiosa (Parte III)

video

Marco de Canaveses > Paredes de Viadores  > Missa das bodas de ouro da Rosa & do Quim (1962-2012) > 20 de outubro de 2012 > A nossa querida Ana Maria, a filha mais velha do Manel e da Mi,  abrilhantou com a sua fé e a sua magnífica voz a cerimónia da celebração dos 50 anos de casados dos tios,  Rosa & Quim.

Salmo responsorial (128), 1-2-3-4-5

Felizes os que esperam no Senhor:
Felizes os que andam nos seus caminhos...

Vídeo (2' 40''): Luís Graça (2012)

Vivó's noivos: As bodas de ouro da Rosa & do Quim (1962-2012) (3): A cerimónia religiosa (Parte II)

video

Marco de Canavezes > Paredes de Viadores > Igreja da freguesia > Quim e Rosa > Missa das Bodas de Ouro (1962-2012) > 20 de outubro de 2012 > Rito da benção e entrega das alianças...  O casal estava visivelmente feliz e bem disposto...

Vídeo (1' 40'' ): Luís Graça (2012)

Vivó's noivos: As bodas de ouro da Rosa & e do Quim (1962-2012) (2): A cerimónia religiosa (Parte I)

video

Marco de Canavezes > Paredes de Viadores > Igreja da freguesia > Quim e Rosa > Missa das Bodas de Ouro (1962-2012) > 20 de outubro de 2012 > Uma cerimónia singela, mas muito tocante e bonita, presenciada por umas largas dezenas de familiares e amigos, e abrilhantada por belas vozes do coro da terra, órgão e dois violinos...

O Padre Joaquim, pároco do Padrão da Légua, e amigo do casal e amigo de Candoz, celebrou a missa e presidiu à cerimónia da renovação dos votos de amor e fidelidade do casal...

Vídeo (1' 19''): Luís Graça (2012)

20 outubro 2012

Vivó's Noivos: As bodas de ouro da Rosa & do Quim (1962-2012) (1): Aos (e)ternos namorados...




A Rosa e o Quim, bodas de ouro (1962-2012)


Aos (e)ternos namorados!


Cinquent’ anos de casados,
Leva já este lindo par,
Rosa e Quim, enamorados,
Que voltam hoje a casar.

Voltam hoje a casar,
Na sua terra natal, 
São um caso exemplar
Neste nosso Portugal.

Neste nosso Portugal,
Neste berço da Nação,
Vai agora este feliz casal
Estar no altar em oração.

Estar no altar em oração,

E de novo a Deus rogar
Que abençoe a sua união,
Até a morte os levar.

Até a morte os levar,
Hão-de na terra viver,
Ora a rir, ora chorar,
E um poucochinho a sofrer.

Um poucochinho a sofrer,

É da condição terrena;
Mas, da vida, o que se quer ?
Que seja longa... e serena!

Que seja longa e serena
A estrada dos setenta,
E que valha mesmo a pena
O amor… aos noventa!

Os/as manos/as e cunhados/as de Candoz, 
António & Graça, 
Manel & Mi, 
Alice & Luís, 
Nitas & Gusto, 
Zé & Teresa

20 de outubro de 2012