04 maio 2008

Ao Luís Filipe, o novo doutor da família

Porto > Hotel Ipanema > 4 de Maio de 2008 > A Zezinha lendo os versos dedicados ao Luis Filipe que lhe foram enviados pelos tios e primos de Lisboa:Luis, Alice, Joana e João.



Porto > Hotel Ipanema > 4 de Maio de 2008 > A Zezinha a entregar (após a sua leitura) ao Luis Filipe, as folhas com os versos enviados pelos tios e primos de Lisboa, com a assistência a aplaudir.


Adeus, vida de estudante,
Que eu agora sou doutor,
Já não sou mais um tunante,
Nem aturo mais professor.

Quis ser um contabilista,
Mas encalhei no POC,
Cheguei a ser finalista,
Fui tramado por um escroque.

As saudades do ISCAP
Vão todinhas para a Tuna,
Minha amante, meu escape,
Minha ‘stôra, minha aluna.


Porto > 9 de Maio de 2007 > XX F.I.T.A > A Tuna do ISCAP a actuar com o Luis Filipe a tocar viola e a cantar.


Com muito engenho e arte,
… E um grãozinho na asa,
Levámos a toda a parte
O melhor da nossa casa.

Cerveja a rodo nos bares,
Muita música e poesia,
Muitas danças e cantares,
Era a Tuna da alegria.


27 de Abril de 2000 > Digressão da Tuna do ISCAP aos Estados Unidos. 1ª Página do Jornal "The Herald News" aquando da actuação da Tuna no Dia de Portugal no Colégio da Comunidade Portuguesa de Bristol. Tradução da Legenda das Imagens: "José Miguel Loucano Teixeira, acima, dança à frente da Tuna durante a celebração do Dia de Portugal no Colégio da Comunidade Portuguesa em Bristol. Abaixo, Luis Carneiro Pinto Soares conversa com a audiência durante as festividades."

Da China, Austrália, Brasil,
Guardo as melhores memórias,
Era ainda um juvenil,
Quando for sénior conto as estórias.

Foi na Marinha de Guerra
E talvez por ser fedelho,
Que fiquei de vez em terra,
Pr'a tristeza do meu velho

Andei na Escola Naval,
Não gostei, achei ridículo,
Não me fez bem nem fez mal,
Mas não pus no meu currículo.

Sou do Porto, sou morcão,
Bom filho, e bom rapaz,
Sou Luís, o Filipão,
O ISCAP ficou p’ra trás.

Gestão empresarial
Agora é o que está a dar,
Com o mercado global,
Vou ter sorte… ou ter azar.

Pessoa é o bom patrono
Desta universidade,
Do canudo já sou dono,
Vou ficar nesta cidade.

A família vou juntar,
Grande festa, coisa boa,
Há uma ausência a lamentar,
A da malta de Lisboa.

Mandaram-me estes versinhos,
Os meus tios e os meus primos,
Sempre muito queridinhos,
Estragam-me com os seus mimos.

A maior satisfação
É ter cá o mano Tiago,
P’ra mim, é uma lição,
E um amigo do carago!

Só me faltava a casinha
Para juntar os trapinhos
E co'a minha Susaninha
... Ter um bando de filhinhos!

Aos meus pais muito agradeço
O que fizeram por mim,
E aos meus amigo só peço:
Sede as flores do meu jardim!


Com um grande xicoração dos tios e primos de Lisboa.

P’ra ti, Filipe, muito em especial, p’ra tua Susana, p’rós teus pais, o teu mano, demais família e amigos. Divirtam-se.

Filipe, que pena e que inveja não podermos estar aí hoje contigo!

Lisboa, 4 de Maio de 2008.


Porto > Universidade Fernando Pessoa > 4 de Maio de 2008 > A Luisa, Madrinha de Curso do Luis Filipe, a preparar-se para a Imposição de Insígnias, com a Susana a assessorar.




Porto > Universidade Fernando Pessoa > 4 de Maio de 2008 > A Imposição de Insígnias.


Porto > Universidade Fernando Pessoa > 4 de Maio de 2008 > A Madrinha (Luisa) dando as três pancadas da praxe (desejo de felicidade) após a Imposição de Insígnias .


Porto > Universidade Fernando Pessoa > 4 de Maio de 2008 > A Susana dando as três pancadas da praxe.




Porto > Cortejo da Queima - Avenida dos Aliados > 7 de Maio de 2008 > O Luis Filipe cartolado recebe o abraço de parabéns da Mãe depois de levar as 3 pancadas da bengala na cartola.




Porto > Cortejo da Queima - Avenida dos Aliados > 7 de Maio de 2008 > O Luis Filipe cartolado com a Mãe, o Pai e o irmão Tiago que veio da Madeira em tempo de assistir à Queima do irmão.




video


Video de uma parte da actuação da Tuna do ISCAP durante o XXI FITA realizado no Coliseu do Porto em 7 de Maio de 2008 e integrado no Programa da Queima das Fitas de 2008. Nesta actuação, o Luis Filipe (cartolado) terá provavelmente tido a sua última participação enquanto Tuno na Tuna do ISCAP.

Fotos, vídeo: Augusto Soares (2008). Direitos reservados.

2 comentários:

Luisa disse...

Querido Amigo Filipe:

Depois de passar por este blog e ver esta tão merecida homenagem ao meu querido afilhado, não poderia deixar de dizer que me sinto muito honrada por ter feito parte da tua vida académica !! Por ter sido tão longa, ou melhor, tão bem saboreada, foi-nos possivel desenvolver esta amizade feita de "cimento" que nos une e certamente levaremos para o resto da vida!!
É para mim motivo de grande orgulho, ver que conseguiste chegar ao fim de mais uma etapa e estou certa que a tua vida será recheada de vitórias, sorrisos e conquistas!!
Só me resta dizer-te Obrigada... Obrigada por me deixares fazer parte dos teus sonhos!!!
Um enorme beijo da tua Madrinha,
Luisa

Luís Graça disse...

Meu querido Luís Filipe, meu amigo, meu sobrinho:

Valeu a pena!... Valeu mesmo!... Porquê ? (i) Por teres chegado ao fim da maratona; (ii) Por teres cortado a meta nessa corrida que começou no ISCAP; (iii) Por que vem reforçar a tua auto-estima; (iv) Por que o diploma também é importante; (v) Por teres dado uma grande alegria a todos, os teus pais, mano, restante família e amigos; e, last but not the least, (vi) Por esta bonita festinha a que tiveste direito...

Está uma bonita reportagem, a da tua festa, dá os parabéns ao teu pai, que caprichou! Vê-se que ele, sempre tão discreto nestes momentos de festa e de euforia, tem mesmo muito orgulho em ti!

Força, rapaz! Também estamos muito vaidosos, por ti, pelos teus pais, pelo teu mano, pelos teus amigos, pela nossa família.

Tio Luís